Com a arma, ele disparou dentro da agência
csm_conquista_001_bd094344fc
Um homem de 30 anos foi baleado na manhã desta quarta-feira (24), em Vitória da Conquista, Sudoeste da Bahia, após tomar a arma de um segurança de uma agência bancária e realizar disparos no Centro da cidade.
Segundo a Polícia Militar, Diego Souza Andrade estava dentro do Bradesco pedindo dinheiro a populares e se irritou, ao ser abordado por um segurança para deixar o local. Ele então reagiu, pegando a arma do vigilante – a Polícia Civil informou que Diego era cliente do banco.
Na área dos caixas eletrônicos, Diego chegou a brigar com diversos clientes, de acordo com a Polícia, e depois que pegou a arma da mão do funcionário começou a atirar. Os disparos quebraram a vidraça do banco, o que gerou correria e pânico entre pedestres que passavam pelo local.
Ele foi baleado por um outro segurança do banco e mesmo assim ainda fugiu da agência e gerou mais pânico na região da Praça Nove de Novembro, uma das mais movimentadas do centro da cidade, e onde foi imobilizado por policiais militares.
Como estava ferido, com um tiro no abdómen, foi encaminhado para o Hospital Geral de Vitória da Conquista, onde recebeu atendimento médico. O estado de saúde não foi informado.
“Ele, provavelmente, é uma pessoa em situação de rua”, disse a capitã Larissa Couto, da Polícia Militar, que acompanhou a situação. A Polícia Civil declarou que Diego era “um cliente que surtou dentro da unidade bancária”. O caso é apurado pela 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Conquista).
RTEmagicC_c6cebb5f20.gif