Confusão deixou quatro pessoas baleadas e o policial foi detido no mesmo dia
Barra-1
Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento em que o policial militar Manoel Landulfo Sampaio Salvador, de 36 anos, atira contra as pessoas que estavam participando da comemoração da vitória do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), no bairro da Barra, em Salvador. A situação aconteceu no último domingo (28) e nas imagens é possível ver a confusão.
O suspeito aparece no vídeo usando uma camisa branca e uma bolsa transpassada no peito. Em seguida é iniciada uma discussão entre Manoel e um rapaz que estava vestindo uma camisa amarela, que se assemelha à da Seleção Brasileira. Logo depois, o PM é flagrado dando um tapa no rosto do rapaz, sacando a arma e atirando ao menos duas vezes.
Depois dos primeiros disparados, as pessoas que estavam no local começam a correr e Manoel continuou parado. De acordo com a Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares (Aspra-BA), o PM alegou que atirou porque tentaram tomar a arma dele a força. Nas imagens, no entanto, não é possível ver isso.
A confusão deixou quatro pessoas baleadas e o policial foi detido no mesmo dia. Conforme informações do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), na tarde de segunda-feira (29) Manoel teve o pedido de prisão preventiva decretado pela Justiça. Ele pode responder pelos crimes de tentativa de homicídio qualificado e lesões corporais. Nos dois casos as penas podem chegar a quatro anos de prisão.

Varela Noticias