armas-apreendidas-com-trio
Três suspeitos de um homicídio ocorrido na Rua 3 do bairro Jardim Amazonas, zona oeste de Petrolina, no último dia 10 de setembro, foram presos no ontem (28) em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, em cumprimento a mandados de prisão expedidos pela Comarca de Petrolina.
No momento da prisão, realizada pela Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, o trio – que é, respectivamente, pai, filho e sobrinho – estava com uma pistola semiautomática calibre .380 e um revolver calibre .38, ambos municiados.
Os três presos são suspeitos de matar Francisco de Assis Rezende. O trabalho investigativo foi realizado pela 25ª Delegacia de Homicídios de Petrolina, tendo à frente o delegado Magno Neves, contando com o apoio do delegado Gabriel Sapucaia. Segundo a investigação, os suspeitos transitaram por outros estados, antes de serem localizados.
O caso
Francisco de Assis Rezende foi morto com disparos de arma de fogo e golpes de faca. Segundo a Polícia Civil (PC), o crime aconteceu por motivo fútil, sendo apurado no local do homicídio, que no domingo (9), um dia antes do crime, um adolescente, filho de Francisco, envolveu-se em uma discussão com o mais velho do trio, o qual o esbofeteou no rosto.
Ao retornar do trabalho, na segunda-feira (10), Francisco foi até a residência do homem para entender o que tinha ocorrido no domingo.  Conforme a PC, neste momento, os três suspeitos  já o esperavam  e quando a vítima se aproximou, o sobrinho do homem que tinha batido no menino  sacou uma arma e atirou diversas vezes  contra Francisco Rezende, que caiu ao chão e ainda foi atingido por golpes de faca, desferidos pelo mais velho do trio, o qual teve o auxilio do sobrinho.  A vítima morreu no local. De acordo com a PC, estes detalhes foram colhidos por testemunhas do crime. Os suspeitos devem ser transferidos para Petrolina.
Carlos Britto