O homem foi morto dentro de uma cela do presídio. O motivo do crime teria sido o descumprimento de regras impostas pelos próprios presos.
9005_1_620px
Um detento da penitenciária Doutor Edvaldo Gomes, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, foi morto dentro de uma cela do presídio. De acordo com a Polícia Civil, a vítima, identificada como Pedro José da Silva, de 26 anos de idade, foi enforcada com um toalha. O crime aconteceu no sábado (08).
Ainda segundo a polícia, foram presos os detentos Gerlis Adriano de Souza e Elenildo Barbosa. O motivo do crime teria sido o descumprimento de regras impostas pelos próprios presos.

G1