Sem identidade revelada, mulher foi acusada de estelionato, falsa comunicação de crime e organização de crime
mulher
Uma mulher foi detida pela polícia nesta quinta-feira (17) acusada de simular o próprio sequestro e pedir R$ 300 mil ao marido como resgate.
O caso aconteceu na cidade de Nova Hamburgo no Rio Grande do Sul. A mulher, que não teve o nome divulgado, disse ao marido que ia fazer compras e iria ao banco, mas não retornou.
O marido foi avisado do falso sequestro através de um torpedo SMS, que pedia que ele depositasse o valor do resgate. O homem procurou a Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), que começou a investigar o caso.
Ao descobrir que se tratava de um golpe, a polícia pediu para a mulher se entregar. Ela confessou que era tudo mentira, mas disse que fez isso porque estava sendo ameaçada por um grupo de pessoas que queria matar o marido dela, caso ela não pagasse R$ 300 mil.
A mulher foi encaminhada ao Presídio Madre Peletier, em Porto Alegre, acusada de estelionato, falsa comunicação de crime e organização de crime.
Varela Noticias