ONU deseja que Brasil envie tropas de volta a missões de paz na África, aponta general
Foto: Divulgação
Depois que o Brasil, no governo Michel Temer, negou o envio de tropas para missões de paz da Organização das nações Unidas (ONU) na África, a entidade voltou a sinalizar o desejo para que o país coopere. O general responsável pelo comando das forças das Nações Unidas na República Democrática do Congo, Elias Martins Filho, informou ao Uol que não houve um pedido formal de tropas para o presidente Jair Bolsonaro (PSL), no entanto, a ONU deseja que o Brasil se envolva em alguma ação o quanto antes.

O general apontou que o destino mais provável  para as tropas brasileiras, caso sejam liberada pelo governo, será a República Centro-Africana, missão que já havia sido cogitada durante o governo de Michel Temer (MDB), mas não foi adiante por problemas envolvendo recursos financeiros.

Ainda segundo o Uol, o general Elias recebeu um pedido informal do chefe do Departamento de Missões de Paz da ONU, Jean-Pierre Lacroix. "Ele me disse: 'general, me ajude a trazer de volta o Brasil para as operações de paz'"

Bahianoticias