'Pior jogo sob o meu comando', diz Enderson após derrota do Bahia

O técnico Enderson Moreira definiu a derrota do Bahia para o Sampaio Corrêa, por 1 a 0, neste sábado (30), no Castelão, como o pior jogo sob o seu comando. O resultado eliminou o Tricolor da Copa do Nordeste, que termina a primeira fase na quinta posição do Grupo B com 12 pontos.

"Não tenho muito o que falar. Talvez foi o pior jogo sob o meu comando desde que eu cheguei. Um jogo que a gente não conseguiu produzir. A equipe toda, no geral, foi muito abaixo daquilo que pode fazer. A gente lamenta muito, porque estamos brigando o tempo todo para conseguir as classificações em todas as competições. Foi merecido o resultado para a equipe do Sampaio. Eles foram melhores, a gente não tem nem o que contestar em absolutamente nada", lamentou durante a entrevista coletiva.

Enderson Moreira reconheceu que toda o time do Tricolor não estave bem dentro de campo. Ele disse que as substituições não surtiram o efeito desejado para mudar a postura na partida.

"É uma equipe que sempre foi guerreira, fez bons jogos, mesmo quando a gente teve aquele momento de dificuldade. Não pode nem comparar um jogo com o outro, por exemplo, o jogo contra o Sergipe com o de hoje. Não tem a mínima condição. A gente não produziu praticamente nada o jogo todo. Só que no futebol, as vezes isso acontece, é um dia que todo mundo foi muito abaixo daquilo que podia fazer. Quando são poucos atletas, as vezes com substituições, você consegue dar uma encaixada na equipe. Mas hoje além da conversa que tivemos no intervalo e de tudo que a gente tentou fazer com as mudanças, não conseguimos reverter a maneira como jogamos", disse.

O Bahia vinha conquistando bons resultados nos últimos jogos. No entanto, a eliminação na Copa do Nordeste volta a balançar Enderson no cargo de treinador.

"Eu faço meu melhor sempre. As pessoas que estão avaliando o trabalho estão observando. Eu não temo nada na vida. Eu saí do nada e cheguei aqui com muita dedicação e emprenho. Tenho fé e coragem sempre. Não temo absolutamente nada na minha vida. Só agradeço as oportunidades que tenho tido. Acho que a gente fez coisas muito boas aqui. Não tenho nenhum tipo de sentimento em relação a isso. Sou profissional e vou cumprir meu contrato até que o clube ache que é a hora de fazer uma troca. E sou muito grato", afirmou.

O próximo compromisso do Bahia será na terça-feira (2), às 19h15, contra o CRB, no Rei Pelé. A partida é válida pela terceira fase da Copa do Brasil.


Bahia notícias.