Mourão diz que decisão de divulgação de vídeo pró-ditadura pelo Planalto foi de Bolsonaro

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, atribuiu ao presidente Jair Bolsonaro a veiculação do vídeo que trata o golpe militar de 1964 como um momento da história em que o Exército "salvou" o Brasil. Segundo Mourão, Bolsonaro é que decidiu pelo compartilhamento do vídeo neste domingo (31) via aplicativo de mensagens de celular.

Segundo o jornal O Globo, o vídeo foi compartilhado com jornalistas por um número da Secretaria de Comunicação da Presidência. O veículo procurou o órgão e questionou sobre a procedência e a decisão de divulgar o vídeo, o órgão não respondeu. No domingo, informou ao jornal que não comentaria o teor da peça. 

No vídeo, um idoso diz que quem tem a idade dele se recorda do que chama de momento de "escuridão" para o país. O senhor então descreve o momento como um "tempo de medos e ameaças", em que os "comunistas prendiam e matavam seus compatriotas". O homem ainda sugere que as pessoas mais novas procurem jornais e filmes do período para saber que "havia medo no ar", "greve nas fábricas", "insegurança". O idoso completa afirmando que o Brasil se "lembrou" que "possuía um Exército" e, segundo ele, o povo conclamou pela ação dos militares.


Fonte : BahiaNoticias.