policia-federal-malote-lava-jato
A Operação Lava Jato, de Curitiba, está investigando um assassinato ocorrido na Bahia em janeiro de 2018, segundo a revista Época.
Trata-se da morte do empresário José Roberto Soares Vieira, executado com nove tiros depois de ajudar investigadores a rastrear pagamentos de propina ao ex-gerente da Petrobras José Antonio de Jesus, de quem foi sócio.
O crime aconteceu em Candeias, na região metropolitana de Salvador. Na época do assassinato, o então juiz Sergio Moro chegou a cobrar celeridade na investigação do homicídio.
O objetivo é saber se sua morte foi em retaliação à colaboração que deu à justiça. Ele contou, por exemplo, que sua empresa recebia recursos de subsidiárias da Petrobras mesmo sem prestar qualquer serviço.

Bahia.ba