Covid-19 foi fabricado em laboratório Chinês, afirma cientista; "o local é especializado nesse tipo de vírus"

Covid-19 foi fabricado em laboratório Chinês, afirma cientista; "o local é especializado nesse tipo de vírus"

Covid-19 foi fabricado em laboratório Chinês, afirma cientista; "o local é especializado nesse tipo de vírus"
Crédito da Foto: ilustrativa/Pexels
O cientista franês Luc Montagnier, ganhador do prêmio Nobel de Medicina de 2008, afirmou que o novo coronavírus (Covid-19) foi fabricado artificialmente em um laboratório chinês, provavelmente no segundo semestre de 2019. As declarações foram feitas à rádio Frequénce Médicale.
Montagnier diz que “o laboratório de alta segurança da cidade de Wuhan é especializada nesse tipo de vírus, o coronavírus, desde o começo dos anos 2000. Eles têm expertise com isso. Isso me fez olhar de perto a sequência de RNA do vírus. Fiz essa análise, assim como o matemático Jean-Claude Perez, especialista em biomatemática”. 
Um grupo de pesquisadores indianos, ao analisarem os detalhes do vírus, publicaram uma pesquisa com o gene completo que demonstrava que ele incluía sequências de um outro vírus. “Isso foi uma surpresa para mim, pois era exatamente o HIV”, afirma o cientista, que negou que possa ser uma mutação de algum paciente com Aids. Montagnier especula que os chineses estavam desenvolvendo uma vacina contra a Aids, e usaram um coronavírus para isso. Informações são do site Istoé.
A embaixada americana em Pequim já teria alertado há algumas semanas para a necessidade do controle sobre o Wuhan Institute of Virology (WIV), o centro que seria responsável pela criação do vírus. Ele possui um laboratório de alta segurança, construído com a ajuda da França, chamado “P4” e a equipe que estaria à frente da produção seria multinacional, incluindo verba americana. O novo coronavírus teria sido produzido a partir de um coquetel de vírus que inclui o HIV e o coronavírus presente em morcegos, uma especialidade do WIV.
A tese está causando controvérsia entre os laboratórios franceses, e já foi contestada por cientistas do Instituto Pasteur e do Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS). Para Montagnier, por ser artificial, o novo coronavírus tende a ser eliminado pela natureza com o tempo. Na Costa Leste dos EUA, estudos já demonstrariam que ele estaria atenuado. “Mas haverá muitas mortes até isso acontecer”, alertou o francês.

Fonte : aratuon

Postar um comentário

0 Comentários