Rui Costa critica protocolo de cloroquina assinado por Bolsonaro: "na Bahia, politico não faz receita médica"

Crédito da Foto: redes sociais/Rui Costa
O governador da Bahia, Rui Costa (PT), respondeu em uma transmissão ao vivo sobre o protocolo da cloroquina no tratamento de pacientes com coronavírus, defendido pelo presidente Jair Bolsonaro. "Na Bahia, politico não faz receita médica", criticou.
"Não existe medicamento de direita ou de esquerda. Nós acreditamos na ciência, não trazemos ideologias para cuidar e salvar vidas humanas. Respondo isso para todos que me perguntam. Parem de politizar remédio", pediu. A cloroquina, assim como outros medicamentos, estará disponível nos hospitais para médicos e pacientes que optarem pelo tratamento.
A publicação de Rui nas redes sociais acompanha o vídeo de uma fala do governador durante o "Papo Correrria". "Nós não atuamos com demagogia, nós não atuamos com politicagem e nós não trazemos ideologias para salvar vidas humanas"
O petista fez questão de salientar que há exceções, como o exemplo do senador baiano Otto Alencar, que é político e médico. "Eu não aceitarei que ninguém passe receita médica a meus filhos, pra minha família, que não seja médico", criticou. 
CONFIRA

Na Bahia, político não faz receita médica. Não existe medicamento de direita ou de esquerda. Nós acreditamos na ciência, não trazemos ideologias para cuidar e salvar vidas humanas. Respondo isso para todos que me perguntam. Parem de politizar remédio.

239 pessoas estão falando sobre isso





Fonte : aratuon