Ministério da Saúde estende recomendação e indica cloroquina para crianças e gestantes
Crédito da Foto: Agência Brasil
O Ministério da Saúde estendeu na última segunda-feira (15/6) a recomendação de uso da cloroquina para gestantes e crianças. A nova orientação do governo sobre o medicamento ocorreu na mesma data em que os Estados Unidos retiraram a autorização de tratamento com a cloroquina e a hidroxicloroquina contra o coronavírus (Covid-19).
A Secretária de Gestão do Trabalho e da Educação do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, afirmou ontem que gestantes e crianças são grupos de risco para a doença e, por isso, foram incluídos na recomendação. A orientação ainda não é um protocolo, pois não dita regras para o Sistema Único de Saúde 9SUS), nem passa a autorizar procedimentos. Lembrando que para elaborar o protocolo é necessário a comprovação científica sobre eficácia da cloroquina contra a doença, o que ainda não aconteceu. 
Mesmo antes do posicionamento do ministério, médicos já vinham receitando a cloroquina nas redes privada e pública de forma "off label", fora das recomendações da bula. Para dar respaldo a esta situação, mas sem seguir recomendações científicas, o Conselho Federal de Medicina (CFM) decidiu, no fim de abril, livrar de infração ética o profissional que prescrever cloroquina contra Covid-19.

Fonte: aratuon