Mesmo após orientação, ela continuou a circular; delegado pede que ela fique presa até ter alta 
csm_1044499_498166690253517_1444798102_n_57d3010edePiraí do Norte (Divulgação)
Uma mulher de 30 anos foi presa em flagrante na quarta-feira (3) em Piraí do Norte, a 320 km de Salvador, por continuar circulando pela cidade mesmo após ser diagnosticada com covid-19. Recusando-se a cumprir o isolamento social, ela foi detida por investigadores da delegacia local. O nome dela não foi divulgado.
O delegado Thiago Campos diz que a mulher tinha sintomas da doença e era acompanhada por uma equipe da Secretaria de Saúde desde 28 de maio. Exames confirmaram que ela tinha covid-19 e ela foi orientada a permanecer em casa, já que não era caso de internação, para evitar disseminação da doença.
Apesar disso, a mulher continuou frequentando locais públicos e mantendo contatos com vizinhos. Ela também buscou a filha menor de idade que estava na casa da avó para ficar com ela.
Na delegacia, ela foi autuada com base nos artigos 131 e 268 do Código Penal, por perigo de contágio de moléstia grave e infração de medida sanitária preventiva. Ela está presa, isolada, recebendo acompanhamento médico da secretaria.
O delegado pediu que a Justiça determine que a mulher fique presa até que tenha alta médica.

RTEmagicC_c6cebb5f20-4.gif-4