imagem campo formoso noticias

O processo movido contra a candidatura de reeleição ao cargo de prefeita de Rose Menezes (PSD) foi julgado improcedente pela Justiça Eleitoral de Campo Formoso (BA), no domingo (18). A informação oficial foi repassada pela equipe jurídica da coligação “Avança Campo Formoso” ao blog Notícias iMais nesta terça-feira (20).

A ação de autoria da coligação “Construindo Um novo Tempo”, representada pelos partidos DEM/PSDB/MDB/PP e PSL, argumentava que a candidatura de  Rose (PSD) infringia a legislação ao tratar da reeleição de pessoas do mesmo núcleo familiar, pois o irmão dela, o atual deputado estadual Adolfo Menezes (PSD), foi diplomado prefeito em 2012, mas o Juiz Eleitoral Francisco Pereira de Morais rejeitou o processo ingressado em 05 de outubro.

Diante de tais circunstâncias, há que se concordar com os impugnantes quanto a não haver controvérsia quanto aos fatos, visto que é sabido, dito e repisado que o Sr. Adolfo Menezes foi eleito prefeito de Campo Formoso, mas que não entrou em exercício do cargo, situação provada e comprovada pelos próprios impugnantes. (…) Ante o exposto, Julgo improcedente a impugnação do Registro de candidatura em desfavor de Rosângela Maria Monteiro, por não restar configurada a inelegibilidade suscitada na presente ação”, afirma a sentença assinada pelo juiz Francisco Pereira.

Ao lado do candidato a vice-prefeito Ismael Pereira (PSB), Rose Menezes (PSD) busca a reeleição de prefeita contra a chapa encabeçada por Elmo (DEM) e Jaci (DEM). Conforme a determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em decorrência dos efeitos da pandemia de Covid (19) no Brasil, o pleito irá acontecer em 15 de novembro.

.

Por: Leandro Daniel/Notícias iMais