A Justiça Eleitoral determinou a suspensão da entrega de caixas d’águas por intermédio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) no município de Campo Formoso (BA). A decisão foi tomada nesta quarta-feira (28), após requerimento protocolado pela coligação “Avança Campo Formoso”.

O promotor Rildo Mendes de Carvalho, da 53ª Zona de Campo Formoso, concedeu liminar que pedia a suspensão da distribuição de caixas d'água pela empresa pública Codevasf por suposto interesse eleitoral. O candidato à prefeito do município Elmo Nascimento (DEM) estaria "por trás" das entregas.

"[...] No sentido de que seja suspensa toda e qualquer distribuição de caixas d’águas fornecidas pela Codevasf [Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba], ou qualquer outra empresa contratada pela companhia, até o julgamento do mérito da demanda, bem como, sejam os bens lacrados e apreendidos sob responsabilidade da autoridade competente, até o julgamento do feito", diz o promotor na decisão, assinada na segunda-feira (26).

Elmo já ocupou o cargo de superintendente da Codevasf.

A ação foi proposta pela coligação Avança Campo Formoso, representada pela também candidata à prefeitura Rose Menezes (PSD).

O candidato é irmão do deputado federal Elmar Nascimento (DEM), enquanto Rose é irmã do deputado estadual Adolfo Menezes (PSD).

Para argumentar a ação, a coligação utilizou como provas imagens de centenas de caixas d'água armazenadas em galpões, que seria de propriedade de Elmo. Também foram colhidas fotos do perfil pessoal do candidato, onde ele divulga as entregas.

 

 

fonte: BNews  (complemento das informações)