SINTERP-BA REPUDIA AGRESSÃO SOFRIDA PELO RADIALISTA CLEBER VIEIRA VÍTIMA DE ABUSO DE AUTORIDADE POR GUARNIÇÃO DO 6ª BPM-SENHOR DO BONFIM


O SINTERP-BA – Sindicato dos Radialistas e Publicitários da Bahia – divulga nota repudiando a agressão sofrida pelo radialista Cleber Vieira, praticada pela Guarnição do 6º BPM (Batalhão da Polícia Militar) da cidade de Senhor do Bonfim, fato ocorrido na última Segunda-feira dia 14 de Junho de 2021.

FATO:
Por volta das 19h15, do dia 14 de junho de 2021, na rua Voluntário da Pátria no Bairro Alto da Maravilha, o Radialista CLEBER VIEIRA, foi vítima da desastrosa, arrogante e prepotente operação da guarnição do 6ª BPM em Senhor do Bonfim, que teria sido comandada pelo subcomandante do 6º BPM.
A Viatura parou no fundo do veículo CAPTUR de propriedade do Radialista, que já estava estacionado, pois tinha acabado de deixar uma senhora que tinha participado de um culto doméstico. Aos gritos e de forma desrespeitosa, o comandante da guarnição, ordenou que o radialista colocasse a chave no teto do veículo e saísse com as mãos na cabeça, juntamente com sua esposa e um senhor, que os acompanhava, o que foi prontamente atendido mesmo o radialista ficando bastante constrangido.
O Tratamento sofrido pelo radialista foi digno de um marginal de alta periculosidade, e causou constrangimento e revolta da população bonfinense que está assustada com o tratamento em uma abordagem truculenta da Policia Militar.
Diante da constrangedora, humilhante e prepotente operação do 6º BPM, um cidadão que estava próximo revoltado gritou em alta voz, “minha gente esse aí é o CLEBER VIEIRA, radialista da cidade”, a guarnição respondeu que não conhecia ninguém e continuou com a truculenta e abusiva abordagem.
O Carro do Radialista foi todo revirado pela guarnição e sob a justificativa, que o carro tinha as películas escura e se encontrava em um Bairro suspeito, a película do veículo está dentro do padrão legal 75%, inclusive com o carimbo do selo da empresa aplicou.
NOTA DE REPÚDIO
O SINTERP-BA declara seu repúdio à agressão sofrida pelo radialista Cleber Vieira, por parte da de um órgão que deveria dar segurança ao cidadão e não causar constrangimento a um cidadão de boa conduta na cidade em que reside por toda a sua vida junto com seus familiares.
Nada justifica o tipo de comportamento dispensados pelos policiais a uma pessoa que estava parada dentro de um veículo estacionado e que todos conhecem na cidade.
Os profissionais e os cidadãos não podem estar sujeitos aos humores de quem quer que seja
O SINTERPBA- Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Rádios , TVs e Publicidades do Estado da Bahia , repudia a atitude covarde e desequilibrada dos componentes da Guarnição do 6º BPM que fizeram a abordagem de forma truculenta contra o Radialista Cleber Vieira.

O Compromisso do SINTERP-BA (Sindicato dos Radialistas e Publicitários da Bahia) fiel ao seu dever de defender o trabalhador coloca o corpo jurídico do sindicato à disposição do colega Cleber Vieira, para as providências necessárias.

EVERALDO MONTEIRO
Coordenador Geral

Fonte: clebervieiranews