Fernando Morais, autor de “Olga” e “Chatô”, escreveu uma biografia sobre o ex-presidente Lula. A obra será lançada pela Companhia das Letras e não se aprofunda na carreira política do petista, mas tem citações ao ex-juiz Sergio Moro e ao Partido dos Trabalhadores. As informações foram divulgadas pela Folha de S. Paulo.

© Fornecido por IstoÉ Lula não vai ler biografia antes de lançamento (Foto: REUTERS/Carla Carniel)

Morais optou por dividir a biografia de Lula em duas partes. Na primeira, que será lançada ainda neste ano, tudo começa com uma narrativa de quando Moro decretou a prisão de Lula.

Na sequência o livro passa a resgatar momentos mais antigos da história de Lula, como a prisão na ditadura, a formação do PT e a primeira eleição disputada, em 1982, quando ele perdeu a disputa pelo governo para Franco Montoro. A história é encerrada neste ponto.

A segunda parte só deve ser lançada depois de 2022, pois a obra não quer interferir na eleição presidencial do ano que vem, em que Lula deve ser candidato.

A biografia não é considerada autorizada, pois Lula não vai ler o livro antes do lançamento. Mas a Companhia das Letras entende que a futura reação do petista será fundamental para a amplitude das vendas.

Fonte: MSN